Notícia: Beltrame exonera comandante-geral da PM do Rio de Janeiro

Beltrame exonera comandante-geral da PM do Rio de Janeiro



O comandante-geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, foi exonerado do cargo na tarde dessa segunda-feira pelo secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame. Os dois se reuniram por horas hoje para tratar da anistia concedida a 450 policiais que haviam sido punidos administrativamente. A decisão de anistiar as punições foi tomada na última semana pelo comandante da PM fluminense.

O secretário informou que está avaliando o nome do sucessor do coronel Erir Costa Filho no comando da corporação. "Mudanças fazem parte do processo de gestão e devem ser vistas com naturalidade", disse Beltrame, que destacou o empenho do coronel Costa Filho no período de 1 ano e 10 meses à frente da PMERJ. "Quero ressaltar o trabalho e a integridade do comandante Costa Filho, além de seu amor à corporação que comandou", afirmou o secretário.

A decisão da PM foi anistiar irregularidades administrativas de menor potencial e permitir que os policiais voltem ao trabalho de rua e fiquem aptos a promoções. Ontem, Beltrame afirmou em coletiva à imprensa que não gostou da forma como foi "colocado e comunicado" o ato do coronel Erir Ribeiro. Beltrame disse que esperava uma explicação da PM e que é preciso esclarecer para a população o que significa "delito administrativo de menor potencial".

[Atualização]: O coronel José Luís Castro Menezes, do 1º Comando de Policiamento de Área (CPA), é o novo comandante-geral da Polícia Militar, segundo anúncio feito na tarde desta terça-feira (6) pela Secretaria de Segurança Pública. Ele substitui o coronel Erir Ribeiro da Costa Filho, exonerado na segunda (5), após um ano e 10 meses no cargo.

Fonte: Terra Brasil
Foto: Reprodução internet
Página anterior Próxima página