Notícia: Interino no STF, Lewandowski não prenderá João Paulo e Jefferson

Interino no STF, Lewandowski não prenderá João Paulo e Jefferson



O ministro Ricardo Lewandowski não decretará as prisões de João Paulo Cunha (PT) e Roberto Jefferson (PTB) até o dia 31, período em que ocupará a presidência do Supremo Tribunal Federal.

Ele explica que o presidente Joaquim Barbosa e a ministra Cármen Lúcia, que também comandou a corte neste mês, não consideraram o tema urgente.

Para Lewandowski, o quadro jurídico não se alterou. "O relator, quando voltar, resolverá sobre isso", afirma, referindo-se às prisões.

Fonte: Folha de S.Paulo
Foto: Reprodução
Página anterior Próxima página