Notícia: PSDB tenta minimizar declarações de Fernando Henrique Cardoso

PSDB tenta minimizar declarações de Fernando Henrique Cardoso



Pré-candidato do PSDB à Presidência, o senador Aécio Neves (MG) minimizou ontem a interlocutores declaração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, para quem, entre Aécio e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), qualquer um que vença é melhor do que manter o PT no poder.

"Não estou pensando partidariamente, estou pensando historicamente. Está na hora. O Brasil precisa arejar", disse ele, em entrevista publicada ontem no blog do jornalista Josias de Souza, colunista do UOL.

Nos bastidores, alguns tucanos expressaram o temor de que declarações do gênero disseminem uma lógica do "tanto faz" entre os candidatos que poderiam prejudicar Aécio, sobretudo num cenário eventual em que os dois candidatos estejam emparelhados para ver quem chega ao segundo turno.

Escalado para falar em nome do partido, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) procurou explicar o objetivo da declaração de FHC: "Ele está construindo pontes para uma unidade das oposições no segundo turno. A declaração é lógica sob aspecto político e inteligente do ponto de vista eleitoral".

Fonte: Folha de S.Paulo
Foto: Reprodução
Página anterior Próxima página