Notícia: Após ataques a UPPs, governo do Rio vai solicitar envio de tropas federais67

Após ataques a UPPs, governo do Rio vai solicitar envio de tropas federais67

Policiamento é reforçado após o comandante da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) de Manguinhos, Gabriel Toledo, ser baleado e a sede da unidade incendiada na noite desta quinta-feira (20), no Rio de Janeiro, RJ - Foto: Ale Silva/Futura Press

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), anunciou na madrugada desta sexta-feira (21) que vai solicitar o envio de tropas federais ao Estado após três UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) sofrerem ataques nesta quinta-feira (20).

Cabral se reuniu com o gabinete de crise e ligou para Dilma por volta das 23h da quinta. "Estou indo nesta sexta, às 11h, a Brasília me encontrar com a presidente Dilma Rousseff e os ministros das pastas afins para pedir ajuda", disse, informou o governo em nota.

Pelo menos três sedes de UPPs (Unidade de Polícia Pacificadora) foram atacadas por criminosos na noite desta quinta-feira, 20, na zona norte do Rio. Uma delas foi incendiada e seu comandante, baleado. Outro PM foi ferido com uma pedrada. Dois suspeitos foram baleados e um deles foi preso.

Criminosos atacaram dois carros da PM e o contêiner onde funcionava a UPP de Manguinhos, ateando fogo a eles. O incêndio atingiu a rede elétrica e deixou sem eletricidade parte do conjunto de favelas, composto por 13 comunidades.

Fonte: UOL Notícias
Foto: Reprodução
Página anterior Próxima página