Notícia: PMs presos por arrastar mulher no Rio vão prestar novo depoimento

PMs presos por arrastar mulher no Rio vão prestar novo depoimento

A auxiliar de serviços gerais, Cláudia Ferreira Silva, que morreu após ser socorrida por PMs, no Rio de Janeiro - Foto: Reprodução

Os três policiais militares que socorreram a auxiliar de serviços gerais Cláudia Ferreira Silva, de 28 anos, no Morro da Congonha, no Subúrbio do Rio, no domingo (16), devem prestar novo depoimento nesta quarta-feira (19) na 29º DP, em Madureira. Eles também são investigados pela Corregedoria da PM. Cláudia foi baleada durante uma ação dos policiais na comunidade e ao ser levada para o Hospital Carlos Chagas foi arrastada ao ficar pendurada pela roupa na viatura.

O Tribunal de Justiça Militar negou nesta terça-feira (18) o pedido de liberdade aos três policiais militares. A previsão é que os policiais prestem depoimento às 10h. Os subtenentes Adir Serrano Machado e Rodney Miguel Arcanjo e o sargento Alex Sandro da Silva Alves estão no Presídio Bangu 8. O primeiro depoimento dos PMs foi realizado no domingo (16).

Fonte: G1
Foto: Reprodução
Página anterior Próxima página