Notícia: Satélite francês flagra possíveis destroços de avião sumido no Índico

Satélite francês flagra possíveis destroços de avião sumido no Índico

Imagem de satélite chinês mostra um dos objetos que teria 22,5 metros por 13 metros -  Foto: China State Administration of Science, Technology and Industry for National Defense/AP

As autoridades malaias informaram neste domingo (23) que receberam novas imagens de um satélite francês que mostram objetos flutuando no sul do Oceano Índico e que poderiam ser destroços do avião da Malaysia Airlines que está desaparecido há duas semanas.

As imagens mostram "objetos potenciais", disse o ministro malaio de Transporte, Hishammuddin Hussein, em comunicado.

No sábado (22), a China também divulgou fotos de satélites do país que mostram objetos, um deles de 22,5 metros por 13 metros, flutuando ao Sul da área onde estão sendo realizadas buscas do avião desaparecido da Malaysia Airlines.

Também no sul do Oceano Índico, possíveis destroços foram avistados na última quinta-feira por autoridades australianas a partir de outras imagens de satélite. No entanto, os trabalhos de buscas, nas áreas indicadas, não tiveram sucesso.

O voo MH-370 desapareceu no dia 8 de março com 239 pessoas a bordo (a maioria chineses), no trajeto entre Kuala Lumpur, na Malásia, e Pequim, na China.

Neste domingo (23), o primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott, país que coordena as buscas no oceano Índico, disse haver "esperanças crescentes" de a aeronave ser encontrada.

Fonte: G1
Foto: Reprodução
Página anterior Próxima página