Notícia: Mais de 130.000 curdos sírios fogem para a Turquia

Mais de 130.000 curdos sírios fogem para a Turquia



Pelo menos 130.000 sírios, em sua maioria curdos, buscaram refúgio nos últimos dias na Turquia para fugir do avanço do grupo Estado Islâmico (EI) no nordeste da Síria, onde os jihadistas cercam a cidade estratégica de Ain al-Arab.

Os combatentes sunitas extremistas provocaram o êxodo dos moradores para a vizinha Turquia e assumiram o controle de pelo menos 64 localidades na região de Ain al-Arab (Kobane em curdo) desde a semana passada.

Para evitar a queda da terceira maior cidade curda da Síria, que permitiria aos jihadistas o controle total de uma longa faixa da fronteira Síria-Turquia, o partido curdo PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão) da Turquia fez um apelo nesta segunda-feira para que seus militantes atravessem a fronteira para combater o EI.

Os opositores sírios também apelaram à coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos. O presidente americano, Barack Obama, afirmou que está disposto a ordenar ataques aéreos contra o EI na Síria, mas até o momento nenhuma ação foi registrada.

O governo dos Estados Unidos, que se nega a enviar tropas terrestres ao Iraque e à Síria, deseja treinar e equipar os insurgentes moderados sírios para que possam enfrentar o EI, mas isto levaria algum tempo.

Fonte: MSN
Foto: AFP
Página anterior Próxima página