Notícia: Sentença de Pistorius será divulgada em um mês na África do Sul

Sentença de Pistorius será divulgada em um mês na África do Sul



Oscar Pistorius foi declarado culpado por homicídio culposo de sua namorada, Reeva Steenkamp, declarou nesta sexta-feira a juíza Thokozile Masipa, no Tribunal Superior de Pretória. Na quinta, o atleta havia sido inocentado das acusações de assassinato premeditado.

No entendimento de Masipa, Pistorius foi negligente ao disparar quatro vezes contra a porta de seu banheiro, em fevereiro de 2013. "O réu não é culpado da acusação de assassinato, mas é considerado culpado de homicídio culposo", anunciou a juíza.

A pena máxima para homicídio culposo na África do Sul é de 15 anos. A legislação local, contudo, não estabelece uma punição mínima, deixando a sanção a critério do juiz. No caso de Pistorius, a sentença será anunciada em um mês no dia 13 de outubro.

Além da morte de Steenkamp, Pistorius foi julgado por outras três acusações por uso de arma de fogo. Em duas, foi inocentado, sendo considerado culpado apenas por ter disparado em um restaurante em janeiro de 2013, com pena máxima de cinco anos de prisão.

Se fosse considerado culpado por assassinato, Pistorius poderia ser condenado à prisão perpétua. Já com as penas por homicídio culposo e disparo de arma de fogo em público, o atleta pode sequer ser preso, sendo liberado mediante do pagamento de fiança.

Depois de chorar bastante no primeiro dia de leitura do veredito de Masipa, Pistorius se mostrou mais contido nesta sexta-feira. O pai, a mãe e amigos de Steenkamp presentes no tribunal, por sua vez, mostraram-se bastante emocionados.

Ao final da sessão, Pistorius foi liberado, mais uma vez, sob o pagamento de fiança. Ele responderá em liberdade até o anúncio de sua sentença.

Fonte: MSN
Foto: Mujahid Safodien / AFP Photo
Página anterior Próxima página