Notícia: Homem armado faz reféns em café em Sydney, na Austrália

Homem armado faz reféns em café em Sydney, na Austrália



Um homem armado mantém dezenas de reféns no Lindt Chocolat Cafe, em Martin Place, em Sydney, desde as 21h (horário de Brasília) de domingo (14), 10h de segunda-feira (15) na Austrália. A polícia está em contato com o sequestrador, mas ainda não soube precisar o número de reféns, que pode chegar a 50, entre funcionários e clientes. Cinco deixaram a cafeteria até o momento.

Há relatos de que uma brasileira estaria entre os reféns. Familiares da personal trainer brasileira Marcia Mikhael disseram que ela está dentro do Lindt Cafe junto com as outras vítimas. O irmão dela relatou ter recebido mensagens pelas redes sociais. A informação ainda não foi confirmada pelas autoridades brasileiras e australianas.

Nas primeiras horas do sequestro, imagens da emissora de TV Channel 7 mostraram pessoas com as mãos para o alto e uma bandeira negra fixada em uma vidraça da lanchonete com um texto em árabe no qual se lia "Não há outro Deus que Alá e Maomé é o mensageiro de Deus".

Após mais de 14 horas de sequestro, havia pouca movimentação no local. As luzes foram apagadas, e apenas uma pessoa, que seria o sequestrador, era vista andando dentro do local, segundo o repórter Chris Reason, da emissora "Channel 7", que tem visão direta para o Lindt Cafe. A presença policial era forte na região.

Fonte: G1
Foto: Reprodução/Twitter/7 News Sydney
Página anterior Próxima página