Notícia: Ministro do STF manda soltar ex-diretor da Petrobras Renato Duque

Ministro do STF manda soltar ex-diretor da Petrobras Renato Duque



O ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki revogou a prisão preventiva do ex-diretor da Petrobras Renato Duque, que está preso desde 14 de novembro na sede da Polícia Federal em Curitiba. Duque havia tido a prisão temporária decretada no dia 14 e, no dia 18, o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal do Paraná, havia convertido a prisão temporária em preventiva. Outros cinco dirigentes de empreiteiras permanecem presos.

Duque é investigado e apontado como um dos participantes do esquema de desvio de recursos da estatal. De acordo com o ex-diretor Paulo Roberto Costa, Duque atuava na diretoria de Serviços cobrando 3% de propina dos contratos, sendo 2% para o PT, e 1% para PP e PMDB.

O executivo Julio Camargo, que assinou acordo de delação premiada, disse que Duque e o dirigente de uma das empreiteiras acertaram o funcionamento do cartel para participar das licitações. Só podia participar as empreiteiras "convidadas" e que aceitavam pagar comissão a políticos.

Fonte: MSN
Foto: Agência O Globo
Página anterior Próxima página