Notícia: Temporal deixa São Paulo em estado de atenção e causa alagamentos

Temporal deixa São Paulo em estado de atenção e causa alagamentos



São Paulo entrou em estado de atenção por causa das fortes chuvas que atingem a região metropolitana na tarde desta quarta-feira. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), há região mais atingida pelo temporal é a Zona Leste onde um córrego transbordou causando alagamentos. A chuva também interrompeu o trânsito em duas rodovias que cortam a cidade.

Até às 17h, o CGE registrou seis pontos de alagamentos na cidade sendo cinco em Itaquera, na Zona Leste, e um na Zona Sul, no bairro do Campo Limpo. Outro ponto de alagamento se formou no km 273 na Rodovia Régis Bittencourt, sentido São Paulo, de acordo com a concessionária que administra o trecho. A faixa da direita da Rodovia Ayrton Senna também ficou bloqueada por alguns minutos devido à queda de terra na pista, mas já foi liberada.

Segundo os meteorologistas do CGE, a tendência é de que as chuvas se desloquem para a região do ABC paulista, perdendo intensidade gradualmente até a noite. Outras instabilidades que se deslocam do interior devem provocar chuvas até o final da tarde, entretanto de maneira mais fraca.

Dois reservatórios - Cantareira e Guarapiranga — também receberam pancadas de chuva, mas ainda foi suficiente para frear a queda do nível das principais represas que abastecem a região metropolitana de São Paulo.

De acordo com a Sabesp, o nível dos seis reservatórios registrou queda nesta quarta-feira. A mais acentuada foi no sistema Rio Claro, que atende a 1,5 milhão de pessoas, teve queda de 0,6 ponto percentual e opera com 27,7% de sua capacidade.

Fonte: MSN
Foto: William Volcov/Brazil Photo Press/Agência O Globo
Página anterior Próxima página