Notícia: Após tornado, moradores de Beltrão, no Paraná, enfrentam cheia de rio

Após tornado, moradores de Beltrão, no Paraná, enfrentam cheia de rio



Os moradores de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, que tiveram várias casas destruídas por causa do tornado que atingiu a região na noite de segunda-feira (13), enfrentam a cheia do Rio Marrecas, que cruza a cidade. Para evitar a possibilidade de alagamentos, algumas famílias em área de risco tiveram que deixar suas residências na manhã desta quarta-feira (15).

A chuva atinge todo o Paraná desde sexta-feira (10) e deve continuar ao menos até esta quinta-feira (16). Segundo o Corpo de Bombeiros, até as 7h30 desta quarta, o nível do Rio Marrecas tinha subido quatro metros acima do normal.

O último boletim da Defesa Civil Estadual, divulgado às 18h de terça-feira (14), mostra que as tempestades dos últimos dias deixaram 71 pessoas feridas em 42 municípios atingidos. Ao todo, 21.263 pessoas foram prejudicadas por causa dos alagamentos e destelhamentos.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural de Francisco Beltrão estima que os prejuízo no interior do município, área mais atingida, passem de R$ 5 milhões. De acordo com o levantamento, pelo menos 25 propriedades rurais foram atingidas.

Em apenas uma propriedade, onde uma área de reflorestamento foi devastada com os ventos, o prejuízo chega a R$ 1,2 milhão. Em outra propriedade, dois aviários foram destruídos e 60 mil pintinhos morreram. Perda de cerca de R$ 800 mil.

Ajuda
A Secretaria Municipal de Assistência Social de Francisco Beltrão começou nesta terça uma campanha para arrecadar donativos às famílias atingidas pelo tornado. Quem desejar ajudar pode ligar nos telefones (46) 3520-2190, (46) 3520-2191 e (46) 3520-2192. Também podem ser doadas telhas, madeiras e móveis.

Cidades atingidas
Os municípios atingidos são: Alto Paraíso, Amaporã, Ampére, Apucarana, Araruna, Barracão, Bom Jesus do Sul, Cafezal do Sul, Congonhinhas, Corbélia, Floresta, Francisco Beltrão, General Carneiro, Indianópolis, Iporã, Jandaia do Sul, Janiópolis, Loanda, Londrina, Lunardelli, Manfrinópolis, Marialva, Mariópolis, Matelândia, Mauá da Serra, Nova Londrina, Pérola D'Oeste, Pinhão, Ponta Grossa, Pranchita, Prudentópolis, Roncador, Rondon, Santa Cruz de Monte Castello, Santana do Itararé, Santo Antônio do Sudoeste, São Jorge do Ivaí, São Jorge do Patrocínio, São José dos Pinhais, São Pedro do Paraná, Umuarama e Vitorino.

Fonte: G1
Foto: Michele Arenza / RPC
Página anterior Próxima página