Notícia: Justiça convoca 14 testemunhas para depor em ação referente à Odebrecht

Justiça convoca 14 testemunhas para depor em ação referente à Odebrecht



A Justiça Federal do Paraná convocou 14 testemunhas, entre acusação e defesa, para depor em um processo referente à construtora Odebrecht, alvo da 14ª fase da Operação Lava Jato, nesta quarta-feira (16).

Os depoimentos serão prestados em três audiências marcadas para as 14h, 15h e 16h, em Curitiba.

Entre as testemunhas estão cinco delegados e policiais federais, entre eles Marcio Anselmo e Igor Romário de Paula, coordenadores da Lava Jato.
Ao todo, são treze réus neste processo. Entre eles estão o presidente da holding Odebrecht, Marcelo Odebrecht, preso no complexo médico, Alberto Youssef, detido na carceragem da Polícia Federal (PF), e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que cumpre prisão domiciliar no Rio de Janeiro.

A Odebrecht é suspeita de participar do chamado clube das empreiteiras, que se organizavam para fraudar contratos com a Petrobras, de acordo com o Ministério Público Federal e a Polícia Federal.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a Odebrecht e Andrade Gutierrez tinham esquema "sofisticado" de corrupção ligada à estatal, envolvendo pagamento de propina a diretores da estatal por meio de contas bancárias no exterior. As empresas negam.

As denúncias partiram de depoimentos de ex-funcionários da Petrobras, entre eles Paulo Roberto Cost. Além disso, de acordo com o juiz Sérgio Moro, responsável pelas ações penais oriundas da Lava Jato na primeira instância, os delegados da PF e os procuradores do MPF apresentaram provas documentais significativas da materialidade dos crimes.

Assim como Marcelo Odebrecht, pelo menos 12 pessoas ligadas à empreiteira já são réus perante a Justiça Federal e respondem por crimes como organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro nacional e internacional.

Fonte: G1
Foto: A/D
Página anterior Próxima página