Notícia: Moradores fecham pista lateral da Avenida Brasil em protesto

Moradores fecham pista lateral da Avenida Brasil em protesto



Moradores do Parque União fecharam, no início da manhã desta sexta-feira (18), a pista lateral da Avenida Brasil, no sentido Zona Oeste, altura do Parque União. Como mostraram imagens do Globocop exibidas no Bom Dia Rio, uma barricada em chamas foi montada pelos manifestantes.

Os moradores reclamam da falta de energia na comunidade — alguns bairros do Rio seguem sem luz mais de 24 após o temporal de quarta-feira. Às 6h50, PMs conseguiram negociar com os manifestantes para que eles liberassem pelo menos uma pista da via.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e por volta de 7h já apagavam as chamas das barricadas feitas pelos manifestantes. Mesmo durante a ação dos bombeiros, os mroadores da região faziam a manifestação. No mesmo horário, a Polícia Militar permanecia no local e o clima era tenso. A pista foi liberada por volta das 9h10, mas o transito ainda era lento às 9h30.

Em nota, a Light pediu desculpas pelos transtornos causados e esclarece que o tempo de restabelecimento depende da gravidade do problema. Onde o tempo para restabelecer foi maior, como em Pavuna e Anchieta, o motivo foi o grande número de queda de árvores devido aos fortes ventos. Segundo a Comlurb, houve mais de 200 registros de queda de árvores ou galhos no município. Para restabelecer a energia, a Light também depende da atuação prévia de outras concessionárias.

Outras manifestações
A forte chuva que caiu no Rio de Janeiro na terça (16) e na quarta-feira (17) fez com que diversos bairros ficassem sem energia elétrica até quinta-feira (18), gerando vários protestos.

Houve registro de queda energia há mais de 24h no Vidigal, no Sampaio, Méier, Jacarepaguá, Guadalupe, Pavuna, Anchieta, Realengo, entre outros bairros.

Em Sampaio, na Zona Norte, a Avenida Marechal Rondon foi interditada na altura do acesso para o Túnel Rosa devido a uma manifestação por volta das 15h pela falta de energia na localidade. No Vidigal, morro da Zona Sul, também houve protesto no início da noite. Moradores, que estariam há 48 horas sem luz, fecharam uma pista da Avenida Niemeyer, causando retenção no tráfego.

Fonte: G1
Foto: Parceiros do Vidiga
Página anterior Próxima página