Notícia: Jovem avisou a mãe pelo celular que iria morrer na boate: 'estão atirando'

Jovem avisou a mãe pelo celular que iria morrer na boate: 'estão atirando'



A Prefeitura de Orlando confirmou a morte de Eddie Jamoldroy Justice, de 30 anos, no ataque que deixou 50 mortos e 53 feridos dentro da boate gay 'Pulse' em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos. Até agora, foram divulgados os nomes de 21 vítimas do atirador Omar Saddiqui Mateen.

Eddie enviou uma mensagem no celular da mãe durante o ataque. Ele afirmava a ela que estava no banheiro da casa noturna e que o atirador se aproximava. "Estão atirando. Ele está vindo. Vou morrer". Mina fez também uma declaração de amor para a mãe.



Fonte: G1
Fotos: Reprodução Facebook / Arquivo pessoal/Mina Justice
Página anterior Próxima página