Notícia: Mais 2 são detidos por suposto elo com autor do massacre em Nice

Mais 2 são detidos por suposto elo com autor do massacre em Nice


Mohamed Lahouaiej Bouhlel posa para selfie no dia 13 de julho em frente ao caminhão que usou no ataque em Nice.

Dois homens foram detidos na noite de domingo (24) por sua suposta relação com o autor do massacre de Nice, Mohammed Lahouaiej Bouhlel, informaram as fontes de segurança nesta terça-feira (26).

O ataque ocorrido na noite de 14 julho de julho, a festa da queda da Bastilha, deixou 84 mortos e mais de 200 feridos.

A polícia investiga se eles deram “suporte logístico” a Bouhlel, segundo o jornal francês Le Monde. O criminoso foi morto por policiais no momento do em que avançou com um caminhão sobre a multidão que acompanhava a queima de fogos na avenida beira-mar Passeio dos Ingleses, na cidade no sul da França.

As novas detenções se somam à prisão de cinco pessoas - quatro homens e uma mulher - que estão presas, desde quinta (21), também acusadas de envolvimento no massacre.

Mohammed Oualid G. aparecia em uma foto divulgada pela imprensa ao lado de Bouhlel diante do caminhão. Ele e Bouhlel teriam trocado 1.278 chamadas durante o último ano, segundo a Efe.

Os suspeitos são o franco-tunisiano Ramzi A., 22, anos, o tunisiano Chokri C., 37, o tunisiano Mohamed Oualid G., 40, e o albanês Artan H., 38, e sua esposa Enkeledja Z., que tem dupla nacionalidade francesa e albanesa.

O promotor da República, François Molins, afirmou que o ataque foi preparado com meses de antecedência e contou com a ajuda de cúmplices.

Fonte: G1
Foto: Reprodução/TF1
Página anterior Próxima página